Dois dedos de prosa sobre Epistemologia

Eusiléa P.R. Severiano, Hairam Machado

Resumo


O título descontraído deste trabalho busca transmitir o seu objetivo que é oferecer uma sucinta, porém fundamental contextualização do desenvolvimento da ciência sob o ponto de vista da psicologia e sociologia, ambas as disciplinas atravessadas pela filosofia. Trata-se, essencialmente, de um exercício de revisão teórica realizado em dupla com o propósito de facilitar o entendimento sobre como o conhecimento científico organiza-se desde o seu surgimento. De modo a contextualizar esta breve discussão sobre epistemologia. São abordadas categorias como modernidade, individualismo, racionalismo e empirismo que perpassam o desenvolvimento da ciência e as (auto) críticas que lhe tem sido dirigidas desde o século XVI quando se estabeleceu como explicação válida da realidade. Em linhas gerais, as considerações que se seguem resultaram da necessidade, identificada no cotidiano da sala de aula, de situar estudantes de turmas iniciais do curso de administração de empresas no campo científico com suas normas e práticas sob um ponto de vista multidisciplinar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.